Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Cientistas católicos vão assessorar Igreja em novas áreas do conhecimento


Pesquisadores e cientistas católicos vão ajudar a Igreja do Brasil a refletir sobre temas que envolvem novas áreas do conhecimento humano, inclusive as áreas técnicas, a partir do ensinamento social cristão.

Na noite de sexta-feira, 3, foi realizada a assembleia de fundação da Sociedade Brasileira de Cientistas Católicos (SBCC), durante a 57ª Assembleia Geral da Confederação dos Bispos do Brasil (CNBB), em Aparecida, interior de São Paulo. A sociedade será afeita à Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação da CNBB.

Conforme o presidente da comissão, dom João Justino de Medeiros e Silva, arcebispo de Montes Claros (MG), o objetivo da sociedade é reunir cientistas católicos, religiosos ou leigos, que podem ser pesquisadores de diversas áreas da Ciência – Exatas, Humanas e Biológicas – e promover ações específicas no campo de ensino e pesquisa.

A aposta da Igreja na pesquisa humanista acontece no momento em que o governo realiza cortes no orçamento das universidades federais e o presidente Jair Bolsonaro anuncia redução de recursos para as áreas de ciências humanas.

De acordo com dom João Justino, para a criação da SBCC emergiram perspectivas pertinentes, como o fato de que a humanização da ciência só é possível a partir de uma visão integral do ser humano. Ele lembrou que a ideia de fundar a sociedade não é de agora. “Em outubro de 2018, na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro, foi realizado o Congresso Brasileiro de Humanismo Solidário na Ciência. Então, como resposta concreta deste congresso aconteceu a criação da SBCC”, disse.

Entre as atividades que serão exercidas pela sociedade destacam-se a discussão de temas relacionados à fé e razão e a realização de pesquisas científicas à luz da doutrina social da Igreja Católica, apresentando um posicionamento oficial dos cientistas católicos diante de temas que permeiam a sociedade atual. A SBCC poderá firmar parcerias com outras instituições católicas, de outras profissões religiosas e, também, com o governo.

Além dos sócios, que devem professar a fé católica e estar ligados ao campo de produção científica, a SBCC será formada por um Comitê Teológico Pastoral. Esse grupo, liderado por dom João e composto por teólogos e pastoralistas, terá a função de garantir que as ações da sociedade se mantenham dentro das normativas da doutrina católica. O comitê também poderá solicitar temáticas de pesquisas para obter pareceres oficiais dos cientistas católicos do Brasil.

Durante a assembleia em Aparecida, além de reflexões e alinhamentos sobre a identidade e missão da SBCC, foi eleita a primeira diretoria e foram aprovados os estatutos. Segundo dom João Justino, a sociedade pretende “incluir e abrir espaço para a participação de professores, cientistas e estudiosos católicos de todo o Brasil.”

Publicado originalmente em IstoÉ

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.