Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Israelrecebeu centenas de membros de uma das "tribos perdidas"


"Somos abençoados ao ver a chegada deles a Israel durante o Festival do Hanuká - isto é uma tremenda luz para todos nós" - afirmou Pnina Tamano-Shata, ministra israelita para a aliyah.
Após uma longa espera de anos, 252 membros da tribo Bnei Manashe (Filhos de Manassés), da Índia, aterraram no aeroporto de Ben Gurion na passada Terça-Feira, numa operação especial facilitada pelo Ministério da Aliyah e Integração e pela organização "Shavei Israel."
Os Bnei Manassés têm ao longo de gerações mantido as tradições judaicas na região do Nordeste da Índia. Estes novos "olim" (imigrantes) fazem parte de cerca de 50 famílias, para além de 24 pessoas individuais, quatro bébés com menos de 2 anos, 39 crianças até aos 12 anos de idade, e 19 seniores com mais de 62 anos. Estes novos imigrantes entraram em quarentena de 2 semanas, de acordo com os regulamentos do Ministério da Saúde.
Esta chegada destes novos imigrantes judeus é o resultado de meses de intenso trabalho de preparação.
"Ao celebrarmos o Festival do Hanuká e o milagre do azeite, a aliyah da tribo perdida dos Bnei Manassés após 2.700 anos de exílio é por si só um milagre moderno do Hanuká" - afirmou o chairman da organização "Shavei Israel" Michael Freund.
"A história desta comunidade singular que manteve as suas ligações ao povo judeu e à Terra de Israel ao longo de gerações é poderosa e inspiradora, e espero fervorosamente que em breve vejamos todo o resto dos Bnei Manassés fazerem aliyah para Israel" - acrescentou Freund.
2.437 membros da comunidade judaica Bnei Manassés já fizeram aliyah desde 2003. Durante o ano de 2019 apenas 24 membros da comunidade fizeram retorno a Israel.

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.